segunda-feira, 13 de maio de 2013

Leituras de um Abril com gosto de inverno...

Abril foi um mês intenso: viajei, sorri, vivi, vi lugares maravilhosos, amei, chorei, sofri, tive medo e me levantei no final do mês como se uma estação inteira tivesse passado... um inverno; porque é no inverno que tradicionalmente as coisas tomam tantos rumos inesperados (na minha vida! ;).
Mas eis que aí, no meio disso tudo, tem a literatura... Ah, a literatura e sua capacidade de nos ajudar nas nossas escolhas diárias, nos nossos momentos de impotência e solidão, nos nossos desesperos e medos mais profundos... na alegria, na tristeza e na esperança...

Sim, MUITA coisa aconteceu, coisas boas, maravilhosas, mas também outras bem difíceis (vida = a gente se vê por aqui! :); mas o que eu vou lembrar - hoje - é dos livros que me acompanharam nessa jornada! Vamos lá? 



1. Garota Exemplar de Gillian Flynn - um livro que não tem nada a ver comigo, fora o seu gênero (suspense). Uma história bem elaborada do ponto de vista do enredo; mas, a meu ver, com personagens extremamente estereotipados e trechos cansativos. Não me seduziu nem um pouco. Primeira escolha errada do ano em termos literários... (Duas estrelas no skoob. Não aparece na foto, pois já troquei - Skoob Plus: amo muito tudo isso!).

2. A Bailarina Fantasma de Socorro Acioli -

Uma belíssima homenagem ao Teatro José Alencar em Fortaleza e a capacidade da literatura em entrelaçar memória, arte e identidade de uma forma única. Gostei demais da edição e das lindas fotos do teatro que tem plena integração com o texto!


3. Quantas Madrugadas tem a noite - Ondjaki

Declarei todo meu amor em um vídeo aqui.

Ondjaki lindo e uma obra com tudo que eu amo na literatura africana: temática social e identitária, bom humor, poesia e intertextualidade.




4. Sobre a Beleza - Zadie Smith

Esse é outro que gerou um vídeo especialíssimo para mim: gostei mesmo muito desse livro e, principalmente, da Zadie Smith. Diálogos e personagens interessantíssimos, atuais e complexos com seus dramas destrinchados através de ótimos diálogos e reflexões. Uma escritora com muito potencial na minha estante (rs).

5. Jubiabá em quadrinhos - Adaptação e arte de Spacca

Jorge Amado em quadrinhos!
Só por isso já amei... sério! (rs).

Mas o traço do Spacca me surpreendeu e fiquei horas sem conseguir largar. Emocionante!

Demais essa iniciativa de adaptar nossos grandes escritores para quadrinhos: vida longa a ideia e a execução deste projeto. ;)

6. MAUS - Art Spiegelman


Maus é absolutamente imperdível! Spiegelman utiliza vários recursos para contar a história de sobrevivência do seu pai: Vladek Spiegelman.

Desde o uso do preto e branco, dos animais representando cada nação até o estilo que combina conversas com o seu pai no presente (em encontros cheios de significado) e a história de vida do mesmo com sua mulher na Alemanha Nazista; tudo colabora para uma forma original e singela de expressar aquilo que não tem como ser apreendido na sua totalidade de quase nenhuma forma. Texto, desenho, cores e representações se combinam para narrar a vida de Vladek e a experiência dos judeus sobreviventes. Porém, o mais interessante a meu ver, é a forma como  este quadrinho combina elementos biográficos da vida do seu pai com elementos auto-biográficos a respeito da relação do próprio Spiegelman com o seu pai, com a perda de sua mãe e com o holocausto.
Ou seja: tanto a forma como seu pai sobreviveu, como a sua própria (do escritor) relação conturbada com tudo isso é o grande tema de Maus. Uma HQ merecedora do prêmio Pulitzer, certamente!

7. Olhos de Cão Azul - Gabriel García Márquez

Livro de abril do fórum: debate aqui.

Este livro de contos do Gabo é bem denso e que foi uma leitura difícil para mim emocionalmente neste mês. A temática que perpassa os textos é a da morte e os contos foram escritos no início da carreira do grande escritor colombiano. Mas muitos possuem já diversos elementos que o consagraram; características como a força das sensações nas descrições, a inclusão do fantástico no cotidiano e uma linguagem única que nos faz vivenciar os sentimentos e angústias dos personagens.
Creio que essa leitura foi forte também por conta do meu momento e das lembranças que me fez reviver... Gabo e seu poder único de mexer profundamente comigo! Excelente: 5 estrelas!

Abraços, e que o outono seja bom!

9 comentários:

  1. Poxa Dê!!!!

    Finalmente!!! Estávamos com saudade, viu!!!!

    Bjks

    E não nos abandone mais por tanto tempo......rs

    ResponderExcluir
  2. Flavia,
    Own!!!! MUITO obrigada pelo carinho! Seu comentário me animou bastante, viu? ;)
    Pode deixar!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá De!!!
    Que bom que estas vivendo intensamente!! É como se diz fazer valer a pena.
    Que delícia suas leiturinhas é como vc diz andam junto conosco, fazem parte de nossa vida e nos ajuda.
    Quanto a GE coincidentemente no momento estou bem adiantada nessa leitura.
    Ainda bem que vc não conhece pessoas como o casal do livro, mas eu sim, pelo menos no modo de ser e as atitudes fiquei impressionada de ler num livro. Cheguei na parte da esposa escondida e estou gostando menos, mas se a conclusão for boa devo sim dar 4 estrelas caso contrário será 3 por conta da mente doentia que alguns casais tem mesmo.
    Esse livro é daqueles como dizem por ai ame ou odeie... (rsrs)
    No meu caso tenho assistido muito no momento ID (Investigação Discovery) então já tava no clímax a leitura fluiu. Mas a gente é assim né, lê e assisti muito um determinado tema depois enjoa mas a gente tem de esgotar né. (rsr)
    Realmente eu teria falado para vc ler no lugar de GE, um romance legal nostálgico, "A Casa das Orquídeas", que me fez flutuar delicinha mesmo!
    Bem, mas fico feliz por vc porque as leituras boas foi em maior número!!
    Bjk minha amiga!! E boas leituras!!

    PS: "Amo muito tudo isso" realmente a troca no Skoob muito bom todos saem ganhando!!

    ResponderExcluir
  4. Nossa Mercedes, para quem nunca havia lido quadrinhos, depois de retalhos vocês pegou um embalo ótimo, né? :D ótimas escolhas (esse Maus eu quero tem um tempão!).
    Cada livro bonito aí...são títulos novos pra mim mas já fiquei curiosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Tamara, na verdade engatei agora depois de Jubiabá! rs
      Maus é muito incrível; e tem um lance bem legal que no meio do livro ele inclui outro mini quadrinho que ele fez sobre a mãe dele. Vale a pena, viu?
      Estou com o na colônia Penal aqui e ele será o próximo!
      Obrigada,
      Beijos!

      Excluir
  5. Esse foi o mês das capas hein Denise ?
    Uma mais linda que a outra. E Jorge Amado em quadrinhos...como não amar ???? :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como??? rs
      Nem reparei que foram várias capas legais! ;)
      Abraços,

      Excluir
  6. Ei, Denise, quantos livros bons. Não é bajulação, mas teu gosto literário é excelente!

    Está vinda uma onda de clássicos em quadrinhos. Aprovo e aproveito esta ideia, qualquer iniciativa de divulgação eu curto.

    Abraços,
    www.importunobruno.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Bruno!
      Eu também curto muito essa iniciativa: comprei agora O Retrato de Dorian Gray em HQ para ver se é uma boa adaptação do romance.
      Abraço,

      Excluir

Olá, seja bem-vindo(a),
responderei seu comentário aqui mesmo.
Abraços,